sábado, 18 de março de 2017

VIVENDO DE ACASOS!

Não sei se vocês sentem o mesmo, mas por diversas vezes "algo dentro de mim intui" que nem tudo é do jeito que acreditamos. 
Falando de outra maneira, apesar de percebermos que nosso ambiente é organizado, tem certa ordem, que vivemos em sociedade, vamos a escola, aprendemos a ser racionais, a 
planejar  oque queremos fazer, ainda assim há momentos em que parece que a equação não fecha.
A maioria dos seres humanos acredita em um mundo DETERMINISTA e isso fica claro quando pesquisamos e as pesquisas nos informam que mais de  2 bilhões  creem em um Deus que comanda o Universo, além de 1,6 milhões de muçulmanos e 99 milhões de indianos com suas crenças diferentes mas também deterministas.
Mas eu não me refiro a forças espirituais a deuses comandando nosso mundo ou ao destino. Prefiro dizer que seria o ACASO. Mas um acaso que tem leis próprias, e bem consistentes e que de certa forma rearranja as situações de modo a criar os eventos e fatos desse mundo.
Alguns poderiam ponderar que então nesse caso, eu apenas mudei o nome daquilo que acredito , que não sendo um Deus, ou o destino seria o ACASO e que para as situações e eventos aconteceram por força e obra desse acaso, essa mesma força teria que ter os mesmos poderes que o Deus cristão.
Talvez seja esse o argumento bastante utilizado por muitos no que tange a questão da criação do nosso mundo. Para os cientistas , foi assim que aconteceu a formação do Universo e a Vida. ACASO.  Seria como colocar açúcar, ovo, farinha, leite, fermento dentro de um recipiente, colocar no porta-malas do carro,, sair dar uma volta e quando abrirmos a porta, o bolo terá se formado?
No entanto ,podemos observar que a própria formação da Vida, segue regras ditadas pela Natureza. São regras de tentativa e erro. Uma das regras mais conhecidas é a SELEÇÃO NATURAL. Por essa lei entendemos que a Natureza faz seus ensaios e diante de tentativas e erros vai equilibrando o que dá certo e descartando o que dá errado, chegando a determinado momento em que  consiga sua melhor performance, até que dada situações de ambiente e adversidades, recomecem todo o processo.
É claro que existem evidências bem documentadas da atuação da SELEÇÃO NATURAL  o que a torna uma teoria cientifica consolidada, e portanto possível de ser usada como argumento em prol de ideias como a formação da vida por tentativa e erro, por melhorias constantes até  o seu melhor modelo.
O mesmo não podemos dizer da ideia determinista de Deus, ou do destino ,criando a realidade. Nessa posição o que nos resta é a Fé, a crença de que aconteceu de acordo como os registros nos livros sagrados de cada religião afirma. Acredito que a melhor maneira de se conviver com essas dualidades é manter um pensamento por hipóteses, não ideias dogmáticas, deixando em aberto o que seria o CONHECIMENTO DO QUE REALMENTE OCORRE. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário