terça-feira, 30 de junho de 2015

CADA UM CRIA SUA RECEITA



Há muitos sistemas éticos, e isso não vem de alguns anos atrás, mas é uma constante , desde que o ser humano iniciou sua jornada por esse Planeta.
Sabemos através dos livros que na Antiguidade, não havia um sistema ético, escrito, porque não havia escrita, vivia-se na Pré História, tomando como base a escrita como aquilo que irá inaugurar a história 
humana Mas nem por isso havia o caos, porque na verdade os costumes, crenças, valores e leis eram passados de pessoa por pessoa através da linguagem oral, o chamado direito consuetudinário.
Por ele, a maioria das pessoas procurava-se adequar ao convívio , mas sabemos pela história , que no início havia muitos crimes por vingança e que em muitos casos famílias foram dizimadas por conta disso.
Os gregos nos trouxeram ideias interessantes a respeito de ética. Talvez uma das mais importantes tenha sido a [ética das virtudes de Aristóteles. postulava o filósofo que a ética devia visar a felicidade, o bem viver e que as virtudes poderiam ser desenvolvidas pela prática. Além disso, para se alcançar verdadeiramente a felicidade através das virtudes era necessário se proceder de maneira prudente, sempre buscando a justa medida, o equilíbrio . Também é bom lembrar que ética para os gregos não era uma busca individual mas do coletivo.
Depois do período de Aristóteles tivemos o estoicismo com sua ética de seguir a Natureza, o epicurismo com a ideia dos prazeres e da vida simples e finalmente alcançamos a ética cristã. Nela vemos o homem envolvido por um sentimento de adoração, e as virtudes eram desenvolvidas exclusivamente para a glória de Deus.. É importante frisar que o Cristianismo trouxe a noção de igualdade, conceito ausente na maioria das ideias éticas entre os gregos e os antigos. A ética cristã modelou todo o mundo daquela época e ainda hoje é muito presente em vários países, muito embora com a pós modernidade os conceitos cristãos se enfraqueceram bastante.
Tantos sistemas éticos presentes na sociedade nos levam a refletir que o ser humano sempre buscou modelos de comportamento para que pudessem ser seguido pelos membros da sociedade. Isso é muito importante, pois dá um sentido de organização e evita o caos e a barbárie. 
Por outro lado, temos que concordar com o fato de que sistemas éticos dependem das condições locais, da cultura de cada povo, portanto devem ser flexíveis, o que termina por não acontecer em muitos lugares, transformando-se em mais do que uma simples receita de vida.
Acontece que a vida é muito dinâmica, o mundo mudou muito com a tecnologia, principalmente com a Internet, e hoje somos bombardeados por um infinito número de ideias, comportamentos, hábitos, maneiras de ser, de pensar e de viver a vida. Isso causa um certa confusão nas pessoas. Qual a melhor ética?
Acredito que há valores que são universais, como respeito, amor, generosidade, compaixão, cuidado, amizade, perdão..... eles cabem em qualquer receita de vida . Mas também é importante perceber que todos nós somos capazes de criar nossos próprios comportamentos e valores, adequados a situações e tempos em que vivemos. O que não podemos é ficarmos engessados dentro de comportamentos e ideias que não condizem com o momento que estamos.
Habermas, filósofo alemão, um dos expoentes da Escola de Frankfurt fala da ética do discurso, da comunicabilidade. Nela, todos tem o direito de opinar, de falar, de colocar seus olhares ..... Talvez seja esse o caminho, a busca do diálogo entre todos os membros da sociedade para criar consensos e a partir dai alcançar resultados melhores para todos!!!

A VIDA COMO ELA É






Epitáfio é sem dúvida uma das mais belas canções da música popular Brasileira,levando nos ao enlevo e reflexão. Enlevo por ter uma bela melodia, que encanta , e não apenas isso, mas através da estrutura de sua poesia nos leva a uma reflexão profunda da vida. 
E essa reflexão levou a me lembrar de algumas ideias de um homem chamado Martin Heidgger, filósofo alemão, conhecido pela complexidade de sua filosofia. Aliás, para ser sincero, sempre tive dificuldade em estudar suas ideias, pois de fato , é uma linguagem difícil, e é preciso bastante atenção e reflexão para entender seus principais postulados.
A ideia central dessa filosofia repousa no Ser. O esquecimento do Ser propriamente dizendo. Heidgger sugere que nossa sociedade é mediada por uma metafísica da subjetividade que colocou o homem como sujeito e todo o resto como coisas. Além disso a ciência, a tecnologia e o humanismo tendem a aprofundar ainda mais a alienação humana. Estamos fora do curso diz o filósofo. Ao tornar o homem como sujeito e centro do Universo o humanismo permitiu que esse homem manipulasse a Natureza, as coisas em geral e o próprio homem visando seus próprios interesses,que na maioria das vezes são egoístas e visam o poder. Com essa posição o homem busca alcançar a verdade manipulando os objetos, o ente, e segundo o filósofo o homem jamais alcançará o Ser através disso. É bom deixar claro que o Ser proposto aqui por Heidgger não se refere a Deus, mas aquilo que é de mais humano em nós, aquilo que faz a reflexão que pergunta, que propõem. 
Estaríamos então perdidos? Não, existe uma saída segundo o filósofo e ela passa pela fenomenologia. Mas o que significa essa palavra tão estranha? Em ternos simples significa ver a vida como ela é. Deixar a vida entrar pelos nossos olhos, ouvidos, sentidos e percepção, sem colocar juízos , sem rotular ou oferecer explicações. Simplesmente deixar fluir. Imagine-se ao entardecer diante de um lindo por do sol. Ao invés de ficar conceituando de belo, de colorido, de tentar exprimir essa beleza com as palavras que você já conhece, deixe esse por do sol, penetrar dentro de você, sem conceitos, sem explicações, simplesmente permita ele ser. Heidgger propunha também a poesia como forma de ultrapassar nossa alienação, pois a poesia nos permite  criar e recriar o mundo.
Enfim, como nos diz a bela música dos Titãs precisamos aceitar a vida como ela é, sem adicionar conceitos e explicações, simplesmente aceitar e viver o que vier!!!

sábado, 27 de junho de 2015

O SOL NASCE PARA TODOS


Há muitos anos, um comercial afirmava que as melhores coisas do mundo são de graça. É claro que a intenção da propaganda era afirmar algum produto ou marca, mas se analisarmos com profundidade a questão,teremos que concordar que de fato  muitas experiências da vida não custam nada ou custam muito pouco.
Alguns recursos naturais como o ar que respiramos, a sombra das árvores, a beleza de um pôr do sol, a chuva que abençoa nossas vidas , são todos eles dádivas que nosso bom Criador nos concedeu.
Ao mesmo tempo, podemos afirmar que o sol, nosso astro maior, não escolhe o dia e nem a hora, e muito menos pessoas para aquecer com seus raios. Todos os dias, ele aparece no horizonte com a missão de iluminar o Planeta e  gerar Vida a todos. 
Até mesmo nosso Mestre Jesus cita esse evento ao afirmar que "O SOL nasce para justos e injustos"
Eu entendo essa frase como uma afirmação de que as oportunidades, assim como os reveses, são iguais para todos e que na Natureza existe uma tendência para a igualdade , embora saibamos que há uma intensa competição entre os vários ecossistemas por alimento e sobrevivência.
Já em nossa sociedade, as origens das desigualdades são antigas. Acredito que, mesmo na época das primeiras comunidades humanas, sempre existiram privilégios para alguns, em detrimento de outros.
No entanto, essas desigualdades foram se aprofundando e hoje vivemos em um Planeta onde as minorias sofrem profundos reveses em função das poucas oportunidades que possuem para expressão de seus desejos e direitos. 
Assim foi com o movimento feminista, com o apartheid na África do Sul e com o movimento dos LGBTTS, entre tantos outros.
Temos visto no caso dos LGBTTS um recrudescimento de situações envolvendo preconceito e discriminação . Os cristãos e outros grupos contrários a visão de mundo dos LGBTTS radicalizam o discurso e as vezes as ações, tentando de alguma forma preservar a família tradicional, os costumes , enfim os valores cristãos.
Igualmente alguns LGBTTS também radicalizam, não compreendendo que muitos cristãos tem uma visão de mundo cristalizada, produto de ensinamentos insuficientes sobre a realidade da vida e do mundo.
O que cada grupo precisa fazer é ampliar seus horizontes, criar um espaço interno de compreensão, onde cada indivíduo procure se colocar no lugar do outro para procurar vislumbrar situações em que pelo menos haja uma convivência mais possível, visto que de fato, dentro da ideologia de cada segmento seria praticamente impossível uma convivência harmoniosa.
Afinal como diz a Bíblia,o sol nasce para todos e nasceu também para os LGBTTS que com certeza se afirmarão como grupo organizado e com direitos adquiridos através da luta  e que farão parte das leis de cada País!!!

domingo, 7 de junho de 2015

O QUE É A VERDADE?









Uma das frases mais citadas na Bíblia é aquela  que está no Evangelho de João Cap 14.verso 6 " Eu sou o caminho A Verdade e a Vida" A grande maioria dos cristãos sempre a cita em relação a pergunta : O que é a verdade? Para eles não há dúvidas , pois a verdade é Cristo.
No entanto, mais adiante veremos esta mesma pergunta sendo feita por Pilatos, governador da Judeia a um Jesus Cristo preso e humilhado: O que é a Verdade? Cristo, infelizmente neste momento preferiu ficar em silêncio. E por quê? Há muitas conjecturas a respeito do silêncio de Cristo, alguns vendo nele a certeza de que a Verdade não deve ser revelada a todos, e que aquele não era o momento de Pilatos  conhecê-la.
De qualquer maneira a pergunta ainda ressoa em nossos tempos, e milhões de pessoas ainda a buscam e muito poucos a encontram, e quando a encontram parece-me mais se tratar de uma situação pessoal do que propriamente um principio absoluto. 
A etimologia de Verdade é Véritas em latim, significando verdade, realidade, aquilo que é certo e Aletheia em grego, como aquilo que é descoberto, revelado. Também podemos  falar sobre o conceito de Verdade do Iluminismo  que tem a ver com a objetividade dos fatos, que está ligado a experiência empírica.Verdade para os iluministas era o que poderia ser provado, experimentado.
Mas então podemos dizer que existem verdades absolutas? Acredito que sim, dentro de alguns contextos. Posso afirmar que o corpo físico vai envelhecer e morrer, que a água molha, que o fogo queima, que a Terra é ovoide, que o céu é azul, que o DNA é a receita de cada ser humano, que o quadrado tem 4 lados.... Todas essas são verdades absolutas. Em qualquer lugar do mundo sabemos que isso é fato. 
Não podemos dizer o mesmo em relação a crenças religiosas. Deus é uma ideia absoluta? Não, pois há muitas pessoas no mundo que não acreditam em Deus. Deus é uma verdade para muitas crenças, mas então seria uma verdade subjetiva a cada fiel.
A partir dessa compreensão as verdades subjetivas estão relacionadas com a perspectiva de cada pessoa, seus pontos de vista, suas ideologias, a maneira como percebe e vivencia o mundo.
Gerar essa compreensão nas pessoas é um desafio válido, pois com certeza suavizaria muitos conflitos religiosos, étnicos e transformaria a Verdade em algo mais funcional, que fosse importante para determinado ciclo ou tempo histórico!