sábado, 18 de março de 2017

HÁ DE SE CUIDAR DO BROTO!

" Há de se cuidar do broto, pra que a vida, nos dê flor e fruto" Esse é um trecho de uma das músicas mais lindas, muito executadas na década de 80.
Vivíamos um momento importante no País onde uma ditadura de mais de 20 anos , havia deformado a vida política e social da Nação. Estava na hora de mudar, de virar a página e a sociedade civil, alinhada com políticos de uma índole menos primitiva  e predadora que a atual, buscava novas respostas e soluções. 
Não conseguimos as eleições diretas, inclusive o movimento das Diretas já fracassou na prática, embora tenha levado milhões as ruas. 
 E assim tivemos que suportar Sarney e Collor antes de, movidos pelo sonho e esperança, vottarmos em um Presidente que realmente representava os anseios do povo, visto ele, ser do povo. 
Era assim que a maioria de nós pensávamos e foi com muita tristeza perceber que depois de quase 15 anos de governo petista, nossos sonhos foram estraçalhados.
Houve algumas mudanças, o salário mínimo cresceu, pessoas abaixo da linha de pobreza conseguiram entrar no mercado de consumo, as políticas afirmativas cresceram, foram criados programas sociais que beneficiaram famílias pobres, na educação muitos estudantes foram beneficiados com a criação do FIES E DO PROUNI. Iniciou-se o projeto da Transposição do São Francisco, para levar água para as famílias de regiões da seca. Também não podemos deixar de lembrar que nos anos onde LULA governou, favorecido por um ambiente econômico internacional tranquilo, a inflação subiu pouco, o País cresceu, embora timidamente.
No entanto as grandes questões do País permaneceram intocáveis. Reformas importantes como a política, a Fiscal e da Previdência foram empurradas com a barriga. A Infraestrutura do País em relação a portos, estradas, ferrovias e hidrovias pouco se desenvolveu. A economia , apesar de apresentar um equilíbrio permanecia com os mesmos vícios com juros altíssimos, gasto excessivo do governo, impostos demais, enfim velhos problemas que foram pouco "tocados" na administração petista.
O dragão da inflação fora domado, já na época do Plano Real, mas um outro monstro muito mais cruel estava surgindo e mostrando suas garras: A CORRUPÇAO.
Hoje, percebemos que assim como Milton Nascimento cantava nos anos 80, deixamos de cuidar do BROTO. E esse broto simboliza a tênue democracia em que fomos inseridos naquele meio de década. 
Churchil primeiro ministro inglês dizia que " a democracia é um dos piores regimes  de governo, excetuando-se todos os outros. " Ou seja, é o que temos de menos mal, o mal menor, e por isso precisamos cuidar desse broto, dessa democracia frágil, porque há regimes piores. O que se percebe é que a sociedade como um todo participa muito pouco e que nos tornamos individualistas, cada um por si. De outro lado, entende-se a desilusão do povo, deixando de votar e inclusive não participando por perceber que essa participação é pouco eficiente. Mesmo entendendo que esses comportamentos são totalmente aceitáveis e previsíveis, precisamos insistir, renovar nossas forças e continuar tentando insistindo porque um dia chegamos lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário