domingo, 1 de novembro de 2015

TECNOLOGIA COM CIDADANIA



Vivemos uma intensa experiência tecnológica, e o mundo atual mudou profundamente em relação ao tempo de nossos pais. Naquela época  talvez a uns 100 anos , nem  televisão ainda  tínhamos.
Mas  certamente usava-se mais  capacidades do que na atualidade. Havia mais  leitura  usava-se mais o cérebro para resolver problemas,pois não contávamos com a calculadora e o computador, e a memória era mais utilizada para gravar e recordar fatos, pois não possuíamos agendas eletrônicas
Seriamos loucos se deixássemos de valorizar a comodidade e as capacidades que a tecnologia nos deu. Temos celulares que oferecem praticidade, utensílios domésticos que melhoram nossa experiência no lar. Na medicina quantas vidas são salvas devido ao avanço das técnicas laboratoriais e cirúrgicas.?
No entanto, há um lado perverso da tecnologia: Ela aumenta  a passividade em algumas pessoas, especialmente em  jovens. Estes, já não se sentem com vontade de ler livros, exercer atividades que aumentem sua capacidade cerebral, (como pensamento critico por exemplo,) mas vivem conectados em um mundo letárgico, que é claro tem suas exceções.
A primavera árabe foi um movimento que  demonstra como a tecnologia pode ser usado a serviço da cidadania  Teve  origem na Turquia em 2011. Nele , jovens  conectados ao Face book e ao Twitter deram início a uma revolução que derrubou muitos líderes políticos em diversos países árabes.
 Exceções a parte, nossos jovens  se transformaram  viciados em Internet e deixado para trás a capacidade de agentes criativos. UM agente criativo é alguém capaz de criar através de suas atitudes, alguém proativo que conhece seus limites e sabe superá-los que pratica suas capacidades físicas e cognitivas através de um estar no mundo real e participar ativamente dele.

Creio que a esperança de todos nós é que a tecnologia continue avançando e produzindo bons frutos , mas que seus efeitos colaterais,como a passividade, a alienação e a falta de atitude de algumas parcelas da população, enfeitiçadas por tudo que ela pode oferecer, venham a ser diminuídos para que num futuro mais próximo tenhamos uma sociedade mais antenada , com participação social e política  consciente e  consiga exercer de forma equilibrada sua cidadania.

Nenhum comentário:

Postar um comentário