sábado, 12 de julho de 2014

Mestre e aluno!!!


Um livro de minha adolescência que me marcou profundamente foi Fernão Capelo Gaivota, uma alegoria do crescimento espiritual. 
Estamos inseridos dentro de uma sociedade extremamente complexa, com muitas ideias, visões de mundo que distorcem a nossa verdadeira missão. Qual seria a sua missão?  Como nos ensinam os grandes Mestres, essa missão vem embutida dentro de nós, mas a vida em sociedade nos dispersa tanto, que perdemos o rumo da caminhada.
E assim o aprendizado é fundamental. E esse aprendizado acontece todos os dias, nos mínimos detalhes, pois nunca podemos dizer que já sabemos tudo, pois o Universo é infinito!
Quantas vezes imaginamos que estamos certos... as vezes anos e anos seguindo por um único caminho e de repente nos conscientizamos de que nos enganamos.
Temos que começar tudo de novo. Mas toda vez que recomeçamos, sempre ficam as estruturas de aprendizado ,  Como diz um ditado chinês "Quem cai sempre se levanta com algo nas mãos". nem que sejam machucados, pois eles nos farão refletir.
O livro bíblico de Eclesiastes ensina em seus preceitos que melhor é estar na casa do luto do que em banquetes, pois na tristeza existe reflexão, enquanto que muitas vezes na felicidade efêmera, existe a vaidade e a falta de consciência. É claro que o texto precisa ser percebido sem radicalismos. É necessário alguns momentos de alegria, de felicidade, mas a tristeza e os infortúnios também são ferramentas necessárias e imprecindíveis para o nosso desenvolvimento.
E assim caminhamos pela vida. Diante das experiências, do mover do tempo, nos tornamos as vezes  mestres. Conseguimos ensinar aquilo que a vida nos passou. Mas quase sempre seremos  alunos, pois precisamos ter humildade para compreender que a Vida é um vasto oceano, e que sabemos apenas uma gota do que é a existência!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário